Laboratório OceanogrÁfico e Limnológico

Oceanografia biológica é a ciência que estuda os organismos marinhos e a sua relação com o meio, e inclui os processos biológicos em águas abertas do oceano, afastados da costa e exteriores à plataforma continental (meio pelágico), os processos biológicos do mar próximo à costa que se cobre a plataforma continental (meio nerítico), os processos biológicos que ocorrem sobre a superfície do fundo marinho (meio bentónico) e os processos biológicos que ocorrem sobre o fundo marinho (meio demersal). A Limnologia é ciência que estuda os ecossistemas aquáticos continentais (lagos, lagoas, rios, charcas, marismas e estuários), assim como as interações entre os organismos aquáticos e o seu ambiente, que determinam a sua distribuição e abundância nos ecossistemas referidos.

Os nossos serviços incluem a realização de  amostragens oceanográficas e limnológicas para a caracterização de parâmetros físico-químicos, hidromorfológicos e biológicos. Estamos especializados na avaliação dos efeitos das infraestruturas e indústrias sobre o meio aquático, tanto marinho (parques eólicos marinhos, emissários submarinos, portos, plataformas de extração, plataformas de cultivo, etc.) como dulçaquícola (barragens, captações, descargas industriais, etc.), sendo os estudos bionómicos as atividades mais procuradas.

  • Caracterização de proliferações de cianobactérias e marés vermelhas, assim como a realização de estudos de ecotoxicidade.
  • Estudos de contaminação de massas de água e análises dos efeitos negativos sobre as características hidromorfológicas e físico-químicas das massas afetadas, assim como sobre as comunidades biológicas.
  • Estabelecimento de protocolos para o controlo das descargas e técnicas de tratamento das águas e sedimentos (descontaminação, filtro biológico, biorremediação, etc).
  • Programas de monitorização de populações e seguimento ambiental das atividades para determinar efeitos negativos a longo prazo, efeitos sub-letais, etc.
  • Estudos do meio e caracterização das comunidades biológicas presentes para estabelecer condições de referência de forma prévia à atuação (caudal ecológico, qualidade de águas, etc.)

Dispõe-se de material específico e as técnicas de análise especializadas encontram-se implantadas.

  • Utilização de sondas multiparamétricas e CTD na determinação de perfis verticais de temperatura, salinidade, delimitação da isóclina de zona de mistura, etc.
  • Uso de dragas, box-corers, redes, garrafas niskin e outro tipo de equipamentos de amostragem para a recolha de amostras de águas, sedimentos e diferentes grupos biológicos (zoobentos, meiofauna, fitoplâncton, zooplâncton, ictiofauna).
  • Determinação taxonómica de amostras de macroalgas, macroinvertebrados (zoobentos), macrófitos, zooplâncton, fitoplâncton, fitobentos, ictiofauna, mamíferos marinhos, etc.
  • Caracterização das comunidades destes grupos biológicos incluindo a quantificação dos indivíduos, cálculo de biomassas ou biovolumes, determinação dos índices de estrutura da comunidade (riqueza, abundância, índices de diversidade), realização de análises de ordenação hierárquica (CLUSTER, MDS, SIMPER, CCA, PCA, etc).